VEJA COMO ELABORAR O PROJETO DE UMA CASA

Como elaborar um projeto de construção de uma casa?
Concepção da ideia da casa, fazer rascunhos sobre a planta e finalmente contratar um profissional de arquitetura para criar o projeto. Veja como elaborar o projeto de uma casa.
Arquitetura29/09/2019 12h30Atualizada em 30/09/2019 07:09 Por: Claudio Janssen Fonte: www.casadicas.com.br





Como elaborar um projeto de construção de uma casa?

Construir o projeto de uma casa não é uma tarefa tão simples como muitos podem imaginar. Quando olhamos para uma planta de uma casa, às vezes não imaginamos com a devida profundidade o trabalho foi desenvolvido antes que a planta fosse materializada. Usarei neste exemplo o projeto de construção da minha casa onde posso afirmar que conheço bem as etapas e as dificuldades para definir o projeto de torná-la uma realidade para a construção. De acordo com esta experiência, acredito que três etapas são importantes para a construção do projeto de uma casa: A concepção da ideia, os rascunhos e a contratações de um profissional para executá-la.

Concepção da ideia
Penso que uma pessoa que escreve um livro, primeiro ele escreve na sua própria cabeça depois passar para o papel. Assim deve ser projeto de uma casa, onde o primeiro passo é na verdade a concepção da ideia ou as diretrizes que futura casa terá. É necessário de antemão especificar o tamanho, a quantidade de dormitórios, vagas de garagem, área externa, entre outros.

Algumas pessoas preferem ver alguns modelos de casas prontas ou de plantas existentes para a partir dali conceber suas próprias ideias a respeito daquilo que deseja na sua futura residência, outros preferem definir levando em conta suas próprias necessidades sem utilização de modelos. Seja ela qual for a sua estratégia o importante é ter em mente aquilo que você vai precisar na sua futura casa para então começar a fazer alguns rascunhos a respeito.

Terreno


O terreno faz parte do planejamento da casa, pois não dá para planejar se você não sabe quais as medidas do terreno, inclinação, quais as construções tem ao lado, a posição do sol, entre outras questões. De certa forma o terreno irá determinar muita coisa no projeto da sua casa e com isso é essencial que ele seja considerado como parte do projeto.

Rascunhos


Rascunho aqui significa plantas que você mesmo pode desenhar, mesmo não sendo um profissional de engenharia arquitetura você poderá criar no papel da melhor maneira possível a representação das suas ideias em termos de espaço, tamanho e posicionamento da casa em relação ao terreno e dos cômodos dentro da própria casa. Esta etapa é muito importante pois ajuda o profissional de arquitetura a compreender melhor aquilo que você pensa que o que você espera em termos de resultado do trabalho que ele irá desenvolver. É claro que por não ser um profissional da área você era cometer algum erro, mas não se preocupe o importante é você representar bem aquilo que pensou e aquilo que deseja que seja feito.

Contratação de um arquiteto
Finalmente você deve contratar um profissional de arquitetura para criar não só a planta baixa, mas todo o projeto que será usado para aprovação na prefeitura da sua cidade e também pelos profissionais que irão fazer a execução da obra. O arquiteto é um profissional capacitado a observar os seus desenhos e transformá-los em um projeto viável em todos os sentidos desde a melhor forma de aproveitar todos os espaços até a usabilidade da casa que envolve iluminação, ventilação e o conforto que você irá precisar. Afinal arquitetura é arte de trabalhar com o bom senso aliado ao bom gosto.

O projeto final não é composto apenas por uma planta, mas também a parte elétrica, hidráulica, a fachada da casa, o formato do telhado, entre outras partes.

Projeto térmico e acústico
Muita gente não se preocupa com esta importante etapa, mas pensar nos aspectos térmicos e acústicos de uma construção pode ser em alguns casos a linha entre o sucesso e o fracasso do empreendimento.

O Brasil é um país muito quente, com muitos dias de exposição ao sol e por longas horas, como acontece no verão. Então é preciso pensar não apenas na posição da casa em relação ao sol, como em algumas situações adotar técnicas e materiais isolantes, como telhas térmicas, manta no telhado, pintura reflexível, telha branca, entre outros.

Assim como o conforto térmico é importante, o acústico também é. Ruas muito movimentadas, proximidade de indústrias, bares, salão de festas e outros locais que normalmente emitem muitos ruídos, podem ser problemas para dormir ou mesmo para o conforto na casa. Existem várias técnicas e uso de materiais que permitem minimizar os efeitos dos ruídos externos e garantir uma noite de sono mais tranquilo.



Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS




VEJA TAMBÉM



ARQUITETURA  |  31/10/2019 - 18h





ARQUITETURA  |  29/09/2019 - 12h