CONSTRUÇÃO

Piso Intertravado – Conheça as vantagens
Conheça um poco mais sobre as vantagens deste tipo de piso
Construção22/09/2019 10h00 Por: Claudio Janssen Fonte: portalconstrucao.com.br/piso-intertravado/





Piso Intertravado – Conheça as vantagens

O Piso intertravado também conhecido como pavers, bloquetes ou pavimentos drenates. São feitos de blocos de concreto e possuem esse nome justamento por terem sua fixação executada devido ao travamento entre os blocos, que por sua vez são comprimidos pela contenção lateral travando todas as peças.

Pisos intertravados acrescentam beleza e diminuem custosPisos intertravados acrescentam beleza e diminuem custos
Fonte: wikipedia (pt.wikipedia.org)

Não confundir paralelepípedos com pisos intertravados.

Os paralelepípedos são geralmente feitos de pedras e rejuntados com pedrisco.

Enquanto o piso intertravado é padronizado pela norma NBR 9781/2013.


Dimensões que não ultrapassam 250 mm de largura e comprimento, com uma espessura de 60 mm e resistência mínima sugerida de 35 Mpa.

Colocando o piso intertravado – Passo a passo

Assentamento do piso intertravado
Fonte: pt.wikipedia (pt.wikipedia)

1° Passo – Solo
Para se obter um bom assentamento do piso intertravado é necessário que a preparação do solo seja muito bem executada.

Uma sugestão é a contratação de empresas especializadas nesse tipo de trabalho.
Apesar de parecer um processo simples assentar blocos sobre uma camada de areia, caso a base e seus níveis não estejam dentro do mínimo necessário de compactação, a simples passagem de uma carga um pouco mais pesada pode causar graves desníveis no piso.

Basicamente um bom assentamento divide-se em:
  1. Solo compactado;
  2. Bica corrida (conjunto de britas, pedrisco e pó de pedra);
  3. Areia média lavada.

2° Passo – Assentamento
  • Antes de mais nada é necessário alinhar a base de areia. Esta terá entre 4,0 a 8,0 cm.
  • A areia pode ser para dreno ou areia simples. Também é utilizado o pó de pedra, este última um pouco mais care que os demais.
  • Crie linhas com sarrafos de madeira ou tubos quadrados de ferro.
  • Isso permitirá que com a utilização de uma régua de alumínio, seja possível alinhar a camada de areia.
  • O alinhamento dos blocos é feito em 90° com a linha da rua ou outros pavimentos já formados.
  • Agora é preciso assentar alinha mestra para a partir dela dar continuidade a colocação dos blocos.
  • A linha mestra é assentado ao lado de uma linha de nylon esticada, guiando assim o alinhamento das fileiras.
  • Após assentada a mestra, retire a linha e inicie a colocação do piso intertravado, da mestra para as laterais, ou meio fio.

Ficando apenas os arremates finais, isto é, os cortes a serem feitos nos blocos até encostar no meio feio para travar todo o assentamento.

Uma boa dica é descarregar os blocos em vários lugares ao longo do caminho de assentamento, geralmente as empresas especializadas já possuem prática nesse sistema.

3° Passo – Salgando o Piso
Nos pisos intertravados, após o a assentamento parcial (menos os cantos de arremate), será preciso jogar areia sobre todo o piso.

Essa areia, a mesma usada como base, servirá como rejunte, completando as juntas entre os blocos.

4° Passo – Compactação
Um bom piso intertravado deve ser compactado antes dos arremates finais.
Isso faz com que ele assente e expanda-se lateralmente ao mesmo tempo que a areia jogada se adense nas juntas.

Arremates finas do assentamento
Fonte: clasf ( www.clasf.com.br)

5° Passo – Arremates
Com efeito de uma boa compactação, o arremate irá travar todo o piso que já se encontra compactado e expandido o necessário.

Os cortes podem ser feitos com serra clipper ou guilhotina, porém se os pedaços forem muito pequenos, por mais que possam ser encaixados, aconselha-se a preenchê-los com cimento.

6° Passo – Limpeza
Bastará limpar com uma vassoura, nesse meio tempo o restante da areia será rejuntada.

Agora a chuva, pois geralmente o piso intertravado está alocado em céu aberto, fará o adensamento final.

Vantagens de se instalar o piso intertravado
São inúmeras as vantagens do piso intertravado, que vão desde a economia na fabricação até a segurança na movimentação de veículos e pessoas.

No entanto as principais vantagens são:
  • Rápida instalação e liberação imediata do tráfego;
  • Economicamente falando, o piso intertravado é mais em conta que o asfalto, pois sua fabricação consome menos energia;
  • Melhor distribuição das cargas no subleito;
  • Por serem intertravados, as frestas evitam a aquaplanagem de automóveis e motos, isto é, são antiderrapantes;
  • O piso intertravado evita que a água das chuvas crie enxurradas, já que, antes de mais nada, esse pisos possuem uma ótima drenagem;
  • Por ser antiderrapante, o piso intertravado é muito utilizado em residências;
  • Se aplicado em vias públicas, esse tipo de piso não absorve a luz como o asfalto, gerando ganho na iluminação elétrica;
  • Uma grande vantagem do piso intertravado quando aplicado em vias, ocorre quando há necessidade de se retirar a superfície no momento de se executar reparos em tubulações ou a sua inclusão;
  • Terrenos ondulados podem ser pavimentados sem problema algum;
  • Manutenção fácil, rápida e barata;

E por fim, não menos importante, a grande quantidade de formas e cores, tornam o piso intertravado uma ótima escolha, embelezado casas, vias públicas, parques, etc.

Modelos de pisos intertravados
Um modelo muito popular são os pisos intertravados retangulares.
Em virtude de serem parecidos com os paralelepípedos, tem ótima aceitação devido a possibilidade de se criar as mais diversas formas artísticas.

Quando o assunto for grandes circulações de veículos, os pisos sextavados atendem muito bem a essa necessidade.
Pisos intertravados vazados possibilitam uma maior drenagem nas áreas em que estão aplicados.
Além do mais, o plantio de gramados nesses espaços diminui o calor acumulado e refletido pelos pisos.
Ossinho é um tipo de piso também muito interessante, possui esse nome justamente pelo seu formato.

Se acaso a necessidade for a escolha de um piso para jardins e garagens, o piso de 16 faces é muito utilizado.
No entanto, se a busca for por encaixes perfeitos, as  raquetes possibilitam efeitos não lineares ao longo do seu assentamento.
De maneira idêntica, os pisos quadrados também garantem bons efeitos visuais.

Por fim o piso de três pontas que na verdade são três pequenos hexágonos de 12 faces cada, consegue um nível de travamento bem elevado.

Quais locais são apropriados para assentar o piso intertravado?
A criatividade é o limite para a utilização do piso intertravado.


Praças e vias públicas que podem ser desde rodovias a calçadas.

Pisos em áreas públicas
Fonte: archdaily ( www.archdaily.com.br)

A utilização desses pisos chega até os pátios das grandes empresas e da mesma forma nas garagens residenciais.

Visto que para ambos eles atingem alto grau de segurança, resistência e economia.

Mesmo sendo um material fabricado geralmente de concreto, ao se incorporar ao ambiente, deixa claro seu apelo ecológico, sendo pelo fato da sua capacidade de drenagem,  outrossim pela sua aplicação muito menos invasiva ao ambiente. Portanto muito requisitado em pequenas trilhas e caminhos entre a natureza.

Em suma, os pisos intertravados são a opção ideal para integrar custo, estilo e praticidade.

Pois então, gostou to artigo? Ainda está com dúvidas? Deixe seu comentário!

Existem ainda muitos outros pisos que podem atender a uma necessidade especial. Vamos ajudar a encontrar o que você busca.



Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS




VEJA TAMBÉM



CONSTRUÇÃO  |  29/09/2019 - 12h





CONSTRUÇÃO  |  15/09/2019 - 12h


CONSTRUÇÃO  |  01/09/2019 - 17h