FAÇA VOCÊ MESMO

Dicas de como pintar uma parede
Do jeito certo o trabalho rende e deixa um acabamento perfeito
Faça você mesmo04/09/2019 19h19 Por: Claudio Janssen Fonte: blog.meritocomerc...ntar-uma-parede/





Aprenda como pintar uma parede

Para pintar uma parede é importante seguir alguns cuidados. A ideia é preparar bem a superfície para a tintar aderir bem; para isso pode usar diferentes equipamentos, como a lixadeira de parede e outros. Acompanhe até o final para conhecer nossas dicas.

Comprar um apartamento novo, reformar ou construir uma casa… Não importa qual seja a situação, sempre queremos dar nosso toque final. E a pintura do imóvel é etapa mais comum para isso. Definir as cores que mais combina com você, e que se encaixe com a decoração que pensa para os espaços são tarefas essenciais nesse tipo de serviço.

Mas, qual é a melhor forma de pintar uma parede nova?


Veremos que existem alguns itens para isso, desde a escolha dos materiais até a preparação da parede antes de receber a tinta. Então, vamos ver o que é preciso para botar a mão na massa.

Preparação antes de pintar a parede
Muita gente pensa que para pintar uma parede nova só precisa da tinta e do pincel, e já pode começar o serviço. Não é bem assim. Mesmo uma superfície recém construída, há de se tomar alguns cuidados para aderir bem a tinta, e o acabamento final ficar apresentável. Essa etapa é dividida da seguinte maneira:

Lixar a parede – esse processo é fundamental para retirar o excesso de reboco, ou outras irregularidades que estejam visíveis. Ele pode ser feito por meio de uma lixa ou utilizando uma lixadeira de parede (voltaremos a falar desses itens). A ideia nessa etapa é tirar as imperfeições que vão atrapalhar no momento de se passar o pincel ou o rolo.
Aplicação de selador ou de massa corrida – são dois produtos utilizados para corrigir imperfeições da parede. O que determina a escolha de selador ou massa corrida é o local da parede (ambientes internos ou externos.)
Passar o selado é opção para áreas externas. Eles devem ser diluídos (de acordo com a indicação do fabricante, e depois aplicar as demãos com rolo de lã (mais eficaz).

Já a massa corrida é voltada para paredes internas. Ela é aplicada com o auxílio de uma espátula e desempenadeira de aço. É preciso esperar algumas horas de secagem, e depois lixa-se a parede até ficar uniforme a superfície.

Vale mencionar que em lugares de grande umidade, é possível aplicar produtos impermeabilizantes. Porém, eles são usados antes do reboco. Dessa forma mantém a parede mais resistente a esse tipo de intempérie.

Pintando uma parede nova
Depois que preparar a superfície da parede (conforme as etapas apresentadas acima) chegou a hora de pintá-la. Aqui a principal dúvida é sobre qual tinta utilizar. A dica é sempre usar produtos de boa qualidade, de marcas confiáveis. A partir da credibilidade da marca poderá escolher entre os seguintes tipos de tinta:

Látex – é a mais usada em ambientes internos, pois tem menor resistência a exposição da luz solar e da água.
Acrílica – tem boa resistência a umidade, por isto é escolhida para cozinhas banheiros e áreas externas.
Esmalte – é indicado para paredes que buscam um acabamento com brilho.
Com textura – é um tipo de tinta que se passa com um rolo específico, que deixará ranhuras na superfície da parede. Se assemelha a uma massa, e é o preferido na hora de explorar a criatividade.
Epóxi – é a tinta usada em áreas que recebem muita água, paredes externas de uma casa, por exemplo.

Conhecido os principais tipos de tinta vamos a sua aplicação:
  • Os fabricantes de tinta têm especificidades distintas para diluição de seu produto, então a primeira coisa é ler atentamente essas orientações (inclusive qual tipo de solvente deve usar);
  • Separe a tinta num balde ou bandeja para pintor, e já faça a diluição; utilize um misturador, e mexa a solução até alcançar a consistência indicada na embalagem;
  • Com a tinta pronta, inicie a primeira demão; aqui não é preciso encharcar o pincel para chegar ao tom mais vibrante da tinta; faça movimentos leves de vai-e-vem. A dica é fazer um teste numa pequena área da parede;
  • Deve se aguarda pelo menos 3 horas da primeira a segunda demão (necessário aplicar 2 demãos para o melhor resultado);
  • Na segunda demão também não precisa ensopar o rolo; siga a mesma firmeza na utilização do pincel; não esqueça de passar a tinta nos “cantos” do cômodo.
  • Para sair tudo certinho pinte na seguinte sequência: teto, parede, portais e rodapés. Se o ambiente estiver com piso, não esqueça do jornal usados para proteger.


Os equipamentos necessários para pintar parede
Vimos como preparar a superfície da parede, e como pintá-la, mas, quais são os materiais que deve utilizar para que tudo saia dentro do esperado? Veja nossa lista:
  • Lixa ou lixadeira de parede – na preparação da parede vai precisar de um desses. Claro que se a área for muito grande, recomendamos o uso da lixadeira de parede. Com esse equipamento conseguirá ter mais agilidade, e é possível encontrar modelos com coletor de pó. Servirá tanto para etapa da retirada de excessos quanto para o a aplicação pós massa corrida.
  • Rolo de lã – é indicado comprar o rolo de lã que seja adequado para tinta que escolher (látex, acrílica, etc.). Ele é mais resistente e pode ser usado por mais de uma vez. Também é usado para passar o selador na parede.
  • Espátula – encontrará muitos modelos. É a ferramenta que dá mais praticidade na aplicação da massa corrida.
  • Desempenadeira de aço – usada para distribuir a massa corrida na parede.
  • Trincha de parede – será usado no momento de pintar as bonecas e os cantos da parede. Existem modelos específicos para diferentes tintas e vários tamanhos.
  • Mexedor – item mais adequado para misturar a tinta ao tipo de solvente usado, por exemplo.
  • Bandeja – tem formato próprio para colocar o rolo; com esse equipamento consegue secar desencharcar o pincel sem problema.
Agora sim pode começar a pintar sua parede nova. Não esqueça de usar os equipamentos de proteção (óculos, luvas, máscaras, capacetes, etc.). 



Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS




VEJA TAMBÉM



FAÇA VOCÊ MESMO  |  17/10/2019 - 12h





FAÇA VOCÊ MESMO  |  10/10/2019 - 12h


FAÇA VOCÊ MESMO  |  29/09/2019 - 08h